A Swagelok está sempre procurando por formas de melhorar os seus produtos e fornecer benefícios adicionais aos seus clientes. Por utilizar montagem por geometria avançada, design da anilha traseira com ação de cravamento articulado e processo de endurecimento superficial patenteado SAT12 para as conexões para tubo em aços inoxidáveis 304L, 321 e 347, os acessórios (porca, anilha dianteira e anilha traseira) foram convertidos para aço inoxidável 316.

Isso permite:

  • Oferta de produtos totalmente fabricados em 304L, 321 e 347;
  • Prazos de entrega reduzidos devido uma cadeia de fornecimento simplificada.

Atenção: O corpo da conexão não sofreu alterações.

Essas combinações de materiais funcionarão na maioria das aplicações industriais em geral, com exceção de aplicações com ácido nítrico. Para aplicações com ácido nítrico, os clientes podem solicitar uma das três opções que utilizem componentes da liga Alloy 825:

  1. HW: Corpo em 304L SS, anilha dianteira em Alloy 825, anilha traseira e porca em 316 SS (Ex.: 304L-600-6HW);
  2. HW2: Corpo em 304L SS, anilha dianteira, anilha traseira e porca em Alloy 825 (Ex.: 304L-600-6HW2);
  3. Todas os componentes da conexão em Alloy 825 (Ex.: 825-600-6).

Em caso de dúvidas, entre em contato com o nosso suporte técnico.

Publicado em Melhoria Contínua

A temperatura máxima de trabalho das mangueiras em PTFE das Séries S e W estão sendo reduzidas de 450ºF (232 °C) para 400ºF (204 °C). O fornecedor do silicone, usado para fazer os revestimentos das mangueiras, define a temperatura máxima de trabalho a 400°F (204°C), sendo confirmado pela Swagelok como o limite adequado de temperatura máxima de trabalho.

Para mais informações, consulte o catálogo atualizado Hose and Flexible Tubing, MS-01-180.

Publicado em Melhoria Contínua

Para atender à ampla gama dos clientes na indústria de Petróleo e Gás Offshore, a Swagelok desenvolveu a Série GB, uma grande variedade de conexões para solda resistentes à corrosão para aplicações com configurações complexas e condições ambientais extremas. Essas conexões são projetadas especialmente para atender à aplicações submarinas rigorosas como:

  • Árvores de Natal
  • Montagens de umbilicais
  • Steel Flying Lead (SFL)
  • Manifold de distribuição hidráulica
  • Painéis de controle ROV Subsea
  • Módulos de controle Subsea
  • Painéis de controle de cabeça de poço
  • Painéis de controle hidráulico.

Swagelok fez diversos testes para todos os materiais usados na fabricação a série GB, que incluirá o aço inoxidável 316L, Alloy 625, e Alloy 2507, para assegurar que atenderão aos exigentes requisitos de uma aplicação Subsea.

Estão disponíveis com pressões de trabalho de até 22,100 psig (1,522 bar) e com comprimentos para solda de 3/4 até 2 polegadas para facilitar reparos no local, reduzindo o tempo de inatividade e os custos de refugo.

Mais informações, consultar o novo catálogo - Subsea Weld Fittings catalog, MS-02-481

C-PH-3201-BW-3x3.jpg

 

Publicado em Melhoria Contínua

Em setembro de 2017, os sensores de posição do atuador eletrônico das válvulas diafragma começaram a ser modificados, conforme aviso divulgado em maio. Há uma atualização para o sensor utilizado nas válvulas ALD3 com a folha de processo 24264.

Apenas para a folha de processo 24264, a inicialização do conector será translúcida com um Led incorporado, modificando a inicialização anterior que era dada por um conector preto.

A foto abaixo mostra o novo sensor. O desempenho e a funcionalidade do sensor não serão alterados. Não há alterações nos códigos de pedidos de produtos. Novos sensores estarão disponíveis para venda, já que o estoque atual foi esgotado.

sensor válvula diafragma.jpg

Publicado em Melhoria Contínua