A Swagelok está sempre procurando por formas de melhorar os seus produtos e fornecer benefícios adicionais aos seus clientes. Por utilizar montagem por geometria avançada, design da anilha traseira com ação de cravamento articulado e processo de endurecimento superficial patenteado SAT12 para as conexões para tubo em aços inoxidáveis 304L, 321 e 347, os acessórios (porca, anilha dianteira e anilha traseira) foram convertidos para aço inoxidável 316.

Isso permite:

  • Oferta de produtos totalmente fabricados em 304L, 321 e 347;
  • Prazos de entrega reduzidos devido uma cadeia de fornecimento simplificada.

Atenção: O corpo da conexão não sofreu alterações.

Essas combinações de materiais funcionarão na maioria das aplicações industriais em geral, com exceção de aplicações com ácido nítrico. Para aplicações com ácido nítrico, os clientes podem solicitar uma das três opções que utilizem componentes da liga Alloy 825:

  1. HW: Corpo em 304L SS, anilha dianteira em Alloy 825, anilha traseira e porca em 316 SS (Ex.: 304L-600-6HW);
  2. HW2: Corpo em 304L SS, anilha dianteira, anilha traseira e porca em Alloy 825 (Ex.: 304L-600-6HW2);
  3. Todas os componentes da conexão em Alloy 825 (Ex.: 825-600-6).

Em caso de dúvidas, entre em contato com o nosso suporte técnico.

 

Publicado em Melhoria Contínua

Recebemos algumas vezes solicitações de clientes procurando por ligas especiais em Conexões Anilhadas, pois estavam  tendo problemas de corrosão por pitting ou fratura no aço inoxidável 316 em suas aplicações que eles não viram anteriormente. Esta situação fez com que procurassem produtos de liga superior nas suas aplicações para combater a corrosão, resultando em custos e prazos de entrega muito elevados.

POR QUE ISSO ESTÁ ACONTECENDO?

O aumento da tecnologia nas usinas siderúrgicas permitiu que os fabricantes mantenham suas tolerâncias mais apertadas e fabriquem o aço inoxidável 316 ao mínimo dos padrões da ASTM, resultando em tendências da indústria agora com 10% de níquel e 16% de teor de cromo. Esta redução do teor de níquel e cromo é um dos principais contribuintes para o atual problema de corrosão visto em vários mercados e indústrias.

NOSSA SOLUÇÃO PARA O PROBLEMA

A Swagelok possui a sua própria norma de fabricação do aço inoxidável e trabalha com especificações mais estreitas em relação a norma ASTM, mantendo por exemplo, um mínimo de 12% de níquel e 17% de cromo em nosso aço inoxidável 316 e isso é apenas uma parte do todo. Possuímos todo o processo de fabricação do início ao fim e temos um processo único e patenteado de Carbonização a Baixa Temperatura mais conhecido como SAT12.

RESULTADOS

 

Conexão anilhada teste de corrosão Conexões anilhadas teste corrosão

Após mais de 700 horas no ambiente de teste, as porcas de aço inoxidável 316 de outras marcas mostrou claramente craqueamento.

 

A Swagelok realizou um rigoroso teste de água salgada com duração de 720 horas a 65 graus Celsius com umidade cíclica para demonstrar que as conexões Swagelok possuem uma resistência superior à corrosão. Este teste foi realizado usando conexões de aço inoxidável em tubos de aço inoxidável e conexões de aço inoxidável em tubos de ligas especiais (Combinações de engenharia). 72 conexões de dupla anilha da Swagelok foram testadas e nenhuma das extremidades das conexões vazaram ou mostraram qualquer indicação de fratura. Foram testadas 110 conexões dupla anilha de 8 diferentes marcas. Conforme mostrado nas imagens acima, 43 dessas conexões ficaram visivelmente fraturadas e três vazaram durante o teste.

Acesse aqui os dois testes que a Swagelok fez e seus resultados:

PTR-4183

PTR-4184

Caso queira mais informações sobre como a Swagelok pode lhe ajudar em problemas com corrosão, entre em contato conosco.

 

composição conexões anilhadas aço inoxidável

Publicado em Últimas Notícias

 

Um sistema de fluídos, seja ele líquido ou gasoso, montado com conexões dupla anilha em aço inox para tubos, deve passar por certos cuidados desde a escolha dos materiais apropriados, dimensionamento correto da tubulação e fazer com que tudo seja montado corretamente, pois através destas tubulações e conexões passam fluídos que podem ser tóxicos, corrosivos e inflamáveis. Trata-se de segurança para a planta e para o colaborador, além de evitar prejuízos ocasionados por vazementos.

Pensando sempre na segurança e praticidade aos clientes, a Swagelok desenvolveu a Conexão Dupla Anilha para Tubo com uma tecnologia diferenciada que garante a sua estanqueidade total, se montada corretamente. No vídeo abaixo de 2 minutos, mostramos o passo a passo de como fazer a montagem da Conexão Swagelok de forma correta e apresentamos dois dos erros mais comuns de instalação que ocorrem em campo.

Primeiro Erro: Não Inserir o Tubo Até o Final da Conexão

O tubo é parte importante na instalação e no bom funcionamento da conexão. Inserir o tubo fazendo com que ele chegue até o final da conexão é extremamente importante para garantir uma montagem livre de vazamentos. Sempre tenha isso em mente quando for montar uma conexão para tubos.

Segundo Erro: Fazer o Aperto das Conexões sem Nenhum Procedimento

Seguir as instruções de aperto de uma conexão é importante para garantir uma boa montagem. Cada pessoa possui uma força/resistência diferente e isso faz com que cada conexão seja montada sem um padrão. Em alguns casos pode ocorrer ter sido apertada demais, ou em outros, estar com falta de aperto. As conexões Swagelok possuem instrução de montagem (para conexões de ¼” até 2”) de 1 ¼ de volta a partir do ponto em que se insere o tubo até o final da conexão; e aperta-se a porca com a mão. Para conexões menores (1/16” a 1/8”) a instrução de aperto é de ¾ de volta. Desta maneira, qualquer pessoa independente da sua força, vai conseguir montar a conexão de uma forma padronizada e correta. Além de ter uma padronização na montagem, ainda é possível fazer a verificação se o aperto foi feito corretamente, utilizando o calibre de inspeção.

Vejam como é simples fazer a montagem de uma Conexão Dupla Anilha da Swagelok

No nosso Treinamento de Montagem de Conexões para Tubo, você aprende todo este procedimento com demonstrações práticas, fazendo montagens com conexões e acessórios em latão e aço inox. Mas isso é apenas o começo. Você também aprenderá sobre design e função da conexão Swagelok para tubos, uma comparação de um sistema de tubos OD e um sistema de tubo schedule, selantes de rosca e lubrificantes, como selecionar e manipular tubulação e muito mais. Para maiores informações sobre este treinamento e de outros que disponibilizamos, acesse nossa página de Treinamentos Clicando aqui.

Publicado em Últimas Notícias

Não existe no mercado para Conexões Dupla Anilha, uma norma que estabeleça quais os padrões e design que cada fabricante deva seguir, ou seja, cada um desenvolve seu próprio projeto, com suas medidas para atender as necessidades do mercado. Devido a este motivo não recomendamos que ocorra a mistura de componentes de conexões de fabricantes diferentes, como por exemplo usar um corpo de conexão do fabricante X, anilhas do fabricante Y e porca do fabricante Z. Por mais que as peças possam se encaixar, não é garantido que ocorra estanqueidade, justamente por causa das diferenças de projeto, design e tolerâncias.

Isto tudo que acabamos de falar, está na Norma ASTM F1387 que foi uma norma que a ASTM elaborou para garantir que os fabricantes de conexões forneçam os produtos para atender aos mais altos requisitos de segurança e performance, incluindo a questão de mescla de materiais de fabricantes diferentes, onde ela cita que isto não é uma boa prática. Exigir do fabricante de conexões esta norma é uma garantia para o cliente de que ele está recebendo um produto confiável e de alto desempenho.

A ASTM F1387 não é uma norma para padronizar os projetos de fabricação de conexões dupla anilha, isto ainda cabe a cada fabricante. Esta norma traz diversos testes que as conexões devem passar para conseguir a aprovação e certificação. Estes testes são divididos em duas categorias, sendo uma chamada de “Testes Standard”, onde obrigatoriamente o fabricante tenha que ter aprovação em todos eles conforme abaixo:

Testes de Performance

Análise de Amostras

Teste Pneumático

Teste Hidrostático

Teste de Impulso

Teste de Fadiga pro Flexão

Teste de Rompimento Hidrostático

Teste para Montagens Repetitivas

Teste Rotativo de Flexão

Teste com Nitrato de Mercúrio

Existem também os Testes Complementares, que são testes mais rigorosos e que simulam situações de risco como por exemplo o Teste de Incêndio, onde uma amostra da conexão pressurizada em um tubo é submetida a uma chama constante e direcionada por 30 minutos e logo após é resfriada imediatamente com água. Durante e ao final do teste, as conexões não podem apresentar vazamentos. Abaixo, os Testes Complementares:

Teste de Ciclo Térmico

Teste de Temperatura Elevada

Teste de Corrosão por Stress

Teste de Torsão

Teste de Impacto

Teste de Incêndio

Teste de Vibração

 

Vejam o vídeo abaixo que demonstra alguns destes testes citados acima:

 

Uma outra característica importante desta norma é que ela exige que todos estes testes sejam feitos por um órgão independente (terceiro) e não nas próprias instalações do fabricante. Isso garante imparcialidade nos resultados dos testes e maior confiabilidade. Após a aprovação e certificação deste órgão independente, ainda é necessário que uma empresa certificadora certifique os testes que foram executados.

A Swagelok submeteu suas Conexões Dupla Anilha para receber a certificação de acordo com a ASTM F1387 através da US Navy (Marinha Norte Americana) uma das mais exigentes em termos de aplicações offshore e depois fomos certificados pela empresa certificadora ABS. A Swagelok foi a única que conseguiu aprovação em todos os Testes Standard e Testes Complementares graças a grande qualidade e tecnologia do produto.

 

norma ASTM 1387 Swagelok

Conexões Dupla Anilha para Tubos são itens que precisam ser confiáveis pois estão ligadas diretamente a segurança operacional. Um simples vazamento devido à vibrações, variações de temperatura e pressão, podem colocar em risco a vida de pessoas e prejuízos enormes para a sua planta.

Exija sempre de seus fornecedores se estão de acordo com a ASTM F1387, isto é uma garantia de que está trabalhando com conexões confiáveis.

Caso tenham alguma dúvida a respeito da norma e do funcionamento de nossas conexões, entre em contato conosco.

Aproveite e veja como montar corretamente conecções dupla anilha em aço inox.

 

Publicado em Últimas Notícias

Segurança, Redução de Custos e Vazamento Zero com Facilidade de Montagem

 

Veja abaixo Por que optar por Conexões Swagelok e os DIFERENCIAIS DA CONEXÕES DUPLA ANILHA SWAGELOK

 

Diferenciais Conexões Swagelok

Publicado em Últimas Notícias