Pesquisar

Notícias

Segurança do sistema de uma refinaria depende de funcionários bem treinados e capacitados

Gasolina de alta octanagem, plásticos e outros produtos de necessidades cotidianas são resultados de processos complexos que ocorrem dentro de plantas petroquímicas e instalações de refino. Esses processos utilizam uma variedade de produtos químicos e gases de processo para fornecer produtos de uso final de alta qualidade que as pessoas dependem em todo o mundo. Os gases do processo de refinaria podem ser altamente voláteis, por isso mantê-los dentro do sistema — em vez de vazar para a planta e o ambiente ao seu redor — é extremamente importante. Embora vazamentos benignos possam ocorrer em qualquer planta onde um sistema de fluidos esteja operando, os riscos para detecção de vazamento de refinarias são particularmente altas.

Segurança do sistema de uma refinaria depende de funcionários bem treinados e capacitados

É essencial se defender contra esses tipos de emissões fugitivas com uma gestão proativa de segurança de processos para proteger tanto os funcionários quanto as comunidades onde atuam. A segurança do sistema de refinarias depende da capacidade de identificar, manter e reduzir os pontos comuns de vazamento; o conhecimento certo e a capacidade de criar um desempenho estanque; e uma equipe capacitada que trabalha em conjunto para uma operação segura o tempo todo.

Criando um sistema de fluido estanque

Os operadores e funcionários devem aderir a certos fundamentos de montagem e instalação para garantir a confiabilidade a longo prazo, a resistência a vazamentos e a segurança dos processos — especialmente quando estão envolvidos produtos químicos ou gases perigosos.

Em primeiro lugar, a maioria dos vazamentos não são resultado de uma parte defeituosa — eles são muito mais comumente resultado de erro humano que ocorre antes ou durante a instalação, ou de um projeto ruim do sistema. Alguns pontos problemáticos que os nossos Engenheiros de Campo tendem a observar nos nossos serviços de consultoria incluem:

  • Suporte do tubo – Sistemas fluidos podem ser submetidos a repetidos impulsos e vibrações, levando ao desgaste nos componentes do sistema e, eventualmente, a um vazamento. Um projeto adequado do sistema pode limitar os efeitos negativos dos impulsos e vibrações, incluindo suportes adequados que restringem o movimento dos tubos e componentes fluidos.
  • Encaminhamento e dobra do tubo – O encaminhamento adequado do tubo e o conhecimento de dobra resultam em um bom design que minimiza o número de conexões individuais e pontos de vazamento. A dobra adequada do tubo também concede alguma flexibilidade durante a instalação, permitindo que os instaladores façam conexões de qualidade e estanques. Assim, melhorando a manutenção do sistema, facilitando a realização de reparos de forma rápida e segura.
  • Montagem inadequada do encaixe do tubo – Falta de aperto ou sobre aperto, falha na verificação de defeitos, a rebarbação inadequada e outros erros comuns podem ocorrer quando realizada uma simples montagem de tubos e conexões.
  • Materiais da tubulação – Alguns produtos químicos requerem materiais de construção altamente resistentes à corrosão para a operação segura e confiável dos equipamentos. Em vez de usar aço inoxidável 316, dependendo do tipo e natureza do fluido corrosivo, componentes do sistema feitos de ligas C-276, 625 ou 400 podem oferecer desempenho superior, vida útil mais longa e, portanto, menor custo global do ciclo de vida. Essas ligas especiais são mais caras, mas quando a segurança das refinarias está em jogo, o investimento é uma necessidade.
  • Mistura de produto – Um sistema que utiliza componentes de diferentes fabricantes pode levar a problemas de desempenho e segurança imprevisíveis. Escolher todos os componentes de um único fornecedor confiável pode eliminar o risco de incompatibilidade de componentes.

Estes são fundamentos do sistema fluido que um profissional que trabalha em uma instalação petroquímica deve estar familiarizado, especialmente quando há produtos químicos perigosos em jogo.

As melhores práticas de instrumentação, o conhecimento do sistema fluido e planos de manutenção proativos são extremamente importantes quando se trata de evitar vazamentos de materiais perigosos e melhorar a segurança total da sua planta. Mas o mais importante é uma equipe bem treinada e capacitada.

Investir em treinamentos técnicos é oferecer à sua equipe ferramentas certas para operar com segurança, diminuindo custos e tempo de inatividade da sua planta.

Fale com os nossos especialistas e saiba mais sobre o nosso Serviço de Consultoria e os nossos Treinamentos Técnicos.

Fale com nosso Time de Treinamento